Vencedora

SOFIA BOTELHO

Sofia Carolina Botelho (S.Miguel, 1986)
Fez licenciatura em Escultura e Mestrado em Museologia e Museografia na FBAUL.
Trabalha em S.Miguel, na área da gestão e programação cultural e desenvolve projetos pessoais na área da preservação do património, memória e arte.

DESENHOS DE MEMÓRIA

A obra é composta por quatro desenhos em grafite, aguarela e tinta-da-china, em papel de aguarela 220 gr., que representam gente e locais que me são – ou foram – próximos, familiares, queridos ou não. Considerando que não possuímos memória fotográfica do que conhecemos, registo apenas detalhes daquilo que é representado – visual ou não. A nível gráfico, afasto-me de uma representação “fotográfica” dos elementos e opto por uma representação do sujeito como um todo.

_________________________________________________

Selecionado

JOÃO RAMOS

Nasceu em São Miguel, Açores, em 1994 e vive e estuda no Porto e nos Açores.
Atualmente a terminar a licenciatura em Artes Plásticas – Pintura na Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto.

OITO DIAS DEPOIS, AO CONTRÁRIO,. O JUIZ DE INSTRUÇÃO OLHOU-ME COM CURIOSIDADE.

O projeto pretende, através de uma experimentação de recursos estilísticos que provêm de uma assumida justaposição de imagens, propor uma reflexão crítica sobre o contexto social e político do modelo de sociedade ocidental globalizante tardo-capitalista. Através da aproximação a um universo da contracultura, e de um diálogo que relaciona os conceitos de forma/conteúdo, pretendo pensar de um modo entrópico a ideia de atitude existencial “o tudo é nada, e nada é tudo”.

__________________________________________________

Selecionada

BIANCA FERREIRA

Natural de São Miguel, Açores. Frequento neste momento o 4º ano do curso Artes Plásticas – Pintura na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto. Realizei um período de estudos na Universidade Federal da Bahia (Salvador – Brasil) em parceria com a Universidade do Porto.

ÁGUAS FÉRREAS

Formas orgânicas, cores terra, são características a que recorre este projeto de pintura. Visualmente, criam um limbo entre abstração e figurativo, entre o palpável e o não palpável. Gosto de pensar que é uma pintura de fronteiras. A abstração pode acontecer através da forma com que cada indivíduo interpreta a pintura, pois ela não tem certezas e limitações. É um misto de planos e cores que se unificam uns com os outros, que criam uma paisagem ambígua e livre. É a cor que desenha e cria.

_____________________________________________________

Selecionado

RICARDO MACHADO

Ricardo Machado tirou o curso de Desenho e Pintura no Ar.Co. Participa em exposições desde 2005, de onde se destacam a apresentação do projecto “Azorean Scrimshaw” em Paris e em Nova Iorque. É pioneiro a recriar a técnica do scrimshaw dentro do campo das Artes Plásticas. Foi selecionado finalista no concurso internacional “FLORENCE SHANGHAI PRIZE 2013”, e selecionado na MOSTRA LABJOVEM  na 3ª e 4ª Edição.

GERAÇÃO DE JOELHOS

ap_4_1

Foi gravado e pintado o rosto de um jovem Açoriano, formado e desempregado, fazendo alusão ao elevado número de desempregados jovens na nossa região.
Foram utilizados materiais de custo acessível. O MDF foi preparado com a aplicação de gesso e aguarela, posteriormente, a figura foi gravada e pintada com tinta-da-china.
A forma como a obra foi executada faz com que o observador sinta a necessidade de reanalisar a obra, tentando avaliar a técnica aplicada e os processos escolhidos.