Vencedora

SARA AZAD

Sara Azad nasceu em 1990, Ponta Delgada, Azores. Estudou Design de Comunicação e Produção Audiovisual (2008-2011) e Comunicação Audiovisual, com especificação em Cinema Documental (2012-2014), no Porto. Estagiou em 2012 no jornal Açoriano Oriental e, em 2015, na Agência Catalana de Notícies. Tem grande interesse pelo documental e também pela animação, pelo que pretende explorar nos seus projectos pessoais estas duas áreas em conjunto.

TEMPOS DE BAIRRO

“Tempos de Bairro” explora o desaparecimento de um hábito infantil que era comum em gerações anteriores. Baseado nas memórias de uma infância pessoal, o documentário mostra um período de outrora onde as brincadeiras de rua formavam a paisagem de um bairro. Como tal, faz-se a revisitação de um passado e relata-se a experiência de um lugar.

______________________________________________________

Selecionada

SARA AZAD

Sara Azad nasceu em 1990, Ponta Delgada, Azores. Estudou Design de Comunicação e Produção Audiovisual (2008-2011) e Comunicação Audiovisual, com especificação em Cinema Documental (2012-2014), no Porto. Estagiou em 2012 no jornal Açoriano Oriental e, em 2015, na Agência Catalana de Notícies. Tem grande interesse pelo documental e também pela animação, pelo que pretende explorar nos seus projectos pessoais estas duas áreas em conjunto.

EU

Memória Descritiva: “Eu” (2015) é a segunda curta-metragem de animação de Sara Azad. A história centra-se em Nataniel, um rapaz que decide fugir devido a uma revolução que foi instalada no seu país.
Um filme de: Sara Azad
; Modelação e Animação 3D: João Jacinto; Voz-off radio: João Camps; Narrador: Rui Queiroz de Matos
; Design de som: Luís Silveira; Música original: Pedro Cardoso; Agradecimentos: Alexandre Granjo, Cláudia Ré, Diana Figueiredo, Lourenço Abreu, Mariana Moniz, Tiago Caldas.

____________________________________________________

Selecionado

LUÍS BICUDO

Luís Bicudo, 31 anos, Faial. Licenciou-se em Cinema na ESTC. Foi distinguido 5 vezes.
Ganhou 1ª e a 3ª EDIÇÃO do LABJOVEM com a Fotografia da Alma e com a Banana do Pico.
O seu último filme, Baleias e Baleeiros, cofinanciado pelo Governo Regional dos Açores, foi exibido nos EUA, na Cinemateca e em 6 ilhas Açorianas.

O DESPERTAR DO MELRO PRETO

Os ritmos marcam a essência vital, como o pulsar dum coração, metódico e refletivo do seu ambiente. A necessidade do ser humano na criação dum ritual diário não é nada mais do que a expressão desses ritmos vitais. Assim, podemos dizer que o ser humano é uma criatura de hábitos e, como quem diz hábitos, diz rituais. Estes rituais que marcam dias, semanas, meses e anos são assim como o pulsar do coração, a diástole que criamos para marcar um tempo que nos é externo.